Notícias

Museu da Imagem e do Som

Metrópole Arquitetos, de São Paulo,
vence concurso para sede do MIS PRO

Publicada em: 6 de fevereiro de 2015

O trabalho de Silvio Oksman, Beatriz Vicino, Marjorie Nasser Prandini e Vito Macchione, do escritório Metrópole Arquitetos, de São Paulo, venceu o concurso nacional de projeto para a sede do Museu da Imagem e do Som (MIS PRO) na Lapa, no Rio de Janeiro. O resultado foi anunciado nesta sexta-feira, 5 de dezembro, em cerimônia realizada na sede do Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ). O autor do estudo preliminar vencedor será contratado, como consta no edital, para desenvolver os projetos executivo e complementares.

A comissão julgadora do concurso destacou a solução concisa do projeto vencedor, que agrupa de maneira simples e racional os volumes construídos, permitindo que espaços vazios apareçam como elemento predominante. Foi ressaltada, ainda, a beleza da paisagem interna do edifício, proporcionada, de maneira elegante, pela volumetria que dialoga com os espaços vazios. O júri foi composto pelos arquitetos Felipe Tassara e Olga Maria Esteves Campista, Subsecretária de Relações Institucionais da SEC, indicados pela entidade promotora, e por Eduardo Horta, Luiz Eduardo Índio da Costa e Ricardo Villar, indicados pelo IAB-RJ, além dos suplentes Alder Catunda e Mauricio Marinho.

?????????????

Em segundo lugar, ficou o trabalho dos arquitetos Pedro Varella, Caio Calafate e Sérgio Garcia-Gasco, do Rio de Janeiro. A equipe de Pedro venceu, recentemente, o concurso que escolheu o projeto para o anexo da Fundação Rui Barbosa, em Botafogo.

Na terceira posição ficou o arquiteto André Lompreta de Oliveira, também com escritório no Rio. A primeira menção honrosa foi concedida ao estudo dos arquitetos Pablo Emilio Robert Ereñú e Eduardo Rocha Ferroni, de São Paulo; e, a segunda, ao trabalho de Matias Revello Vazquez, Eduardo Antunes Bavaresco, Greice Viviana Portal Salvati, Rodrigo Romanini e Rodrigo Salvati, do Rio Grande do Sul.

Estiveram presentes na divulgação do resultado da competição a Secretária de Estado de Cultura, Eva Doris Rosental; a Superintendente de Museus da Secretaria, Mariana Varzea; a diretora do MIS, Suely Braga; o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira; e a gerente de projetos da Fundação Roberto Marinho, Larissa Graça. Promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com organização do IAB-RJ, o Concurso MIS PRO foi lançado no dia 23 de setembro, com edital publicado no dia seguinte, e registrou 54 inscrições.

Silvio Oksman, da Metrópole Arquitetos, falou sobre o estudo preliminar vencedor, que requalificará o prédio do museu da Lapa: “O partido tem duas premissas principais de projeto: a primeira é entender o valor que existe naquele tecido urbano para ser preservado. Decidimos manter a fachada da rua e respeitar o gabarito, de modo que o prédio não se sobressaísse no contexto da Lapa. Depois, dentro de limites, propomos a extensão do espaço público para o interior da construção.”

O concurso faz parte de um plano em desenvolvimento para tornar o MIS referência internacional sobre a cultura brasileira. O MIS PRO formará um complexo museológico com a sede do MIS, em Copacabana. Enquanto na novo prédio na Avenida Atlântica o foco é na atração de visitantes, com exposições, programação cultural e programa educativo, o MIS Pro, na Lapa, abrigará a reserva técnica, os laboratórios, projetos de pesquisa e exposições menores.

O acervo do museu reúne 300 mil itens divididos em discos, filmes, fitas de áudio e vídeo, películas, fotografias, partituras, documentos textuais, documentos bibliográficos e objetos tridimensionais (indumentárias, medalhas, instrumentos musicais, troféus, entre outros). O prédio da Lapa abrigará a reserva técnica, os laboratórios e projetos de pesquisa, além de algumas exposições.

Primeiro museu audiovisual do país, o MIS foi instituído a partir de importantes coleções ligadas à história da cidade do Rio de Janeiro, e seu objetivo básico era a aquisição, preservação e exposição do acervo ao público. Em 1989, o MIS ocupou o antigo Hotel dos Estados, na Lapa, com a sua sede administrativa.