Notícias

Museu da Língua Portuguesa

Museu da Língua Portuguesa no Festival de Rua “Que Bom Retiro”

Publicada em: 20 de outubro de 2017

O Museu da Língua Portuguesa participa do “2º Festival de Rua Que Bom Retiro”, com atividades culturais no saguão da Estação da Luz, de quinta-feira a sábado (dias 19, 20 e 21 de outubro). O festival ocupa a região do Bom Retiro e da Luz, entre os dias 18 e 21, com jogos, oficinas, sarau e outras atividades, estimulando a comunidade a vivenciar o espaço público e conviver com grupos diversos. A programação é gratuita.

No saguão da Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa vai promover atividades lúdicas, com jogos que mostram como as trocas culturais construíram a língua portuguesa. Entre as atividades, está o quebra-cabeças “piquenique de palavras” – que mostra a origem dos nomes dos alimentos e evidencia as influências trazidas pelos imigrantes, tanto estrangeiros quanto de outras regiões do país, que chegaram a São Paulo – e Tupituba, com a influência indígena na formação da língua portuguesa. O espaço também vai exibir informações sobre o Museu e sua reconstrução, atualmente em curso, após o incêndio que o atingiu em dezembro de 2015.

Mobilizado pela Rede Social Luz – Bom Retiro, que integra mais de 20 organizações – entre eles serviços sociais, organizações e instituições culturais públicas e privadas, coletivos migrantes e urbanísticos –, o festival Que Bom Retiro pretende, ainda, fortalecer as redes de trocas e convivência, além de ser um momento de reflexão sobre a complexidade do Bom Retiro e os caminhos que a comunidade deseja traçar para seu bairro. Com mais de 40 atividades gratuitas, em vários locais do bairro, o festival reúne diversas atrações voltadas às crianças, seminário sobre educação e migração, visitas a museus, roteiros pelas ruas, oficinas, apresentações artísticas, cinema a céu aberto e rodas de conversa sobre a região.

Durante seus dez anos de funcionamento, o Museu da Língua Portuguesa esteve sempre próximo à comunidade dos bairros do Bom Retiro e Luz, com parcerias e atividades culturais e educativas em ações expandidas para além de seus muros, em espaços como o saguão da Estação da Luz e escolas.

“A língua portuguesa é o elo que une todos os grupos, incluindo os imigrantes, com diálogos e trocas de saberes e culturas. A presença do Museu no festival dá continuidade às atividades com a comunidade da região e reafirma o compromisso com o fortalecimento das identidades e dos laços culturais entre todos aqueles que ocupam a cidade”, diz a gerente de Projetos de Patrimônio da Fundação Roberto Marinho, Deca Farroco.

O Museu da Língua Portuguesa é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, concebido e realizado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. Tem como patrocinador máster a EDP, patrocinadores Grupo Globo e Grupo Itaú e apoio do Governo Federal, por meio da lei federal de incentivo à cultura. O IDBrasil é a organização social responsável pela gestão do Museu.