Notícias

Aprendiz Legal

São Paulo recebe 4º Seminário Internacional de Educação Integral

Publicada em: 27 de agosto de 2018

A educação integral é um direito de todos. No entanto, em um país composto por diferentes realidades, como garantir, de forma equânime, o desenvolvimento integral e a aprendizagem dos alunos? Essas e outras questões serão abordadas na quarta edição do Seminário Internacional de Educação Integral (SIEI). O evento, promovido pela Fundação SM, será realizado no Sesc 24 de maio, em São Paulo, nos dias 28 e 29 de agosto, com inscrições gratuitas.

Com o tema “A escola e a vida lá fora: (re)conhecer para transformar”, o seminário contará com cinco painéis de debate. Cada painel abordará um tema diferente relacionado à educação e terá a participação de mediadores e palestrantes de diferentes países.

Entre os convidados internacionais estão os chilenos Guillermo Sunkel e Ernesto Espindola – responsáveis pela pesquisa da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL). Entre os participantes brasileiros, estão a diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda; a educadora e gestora da Rede LiteraSampa, Bel Santos Mayer; a professora e curadora pedagógica da Flip, Ana Beatriz Goulart de Faria; o arquiteto e urbanista Paulo Mendes; entre outros.

Seminário nasceu no México, há 10 anos

Apesar de ser o quarto ano no Brasil, o Seminário Internacional de Educação Integral (SIEI) nasceu há dez anos, no México, com o desejo de abrir espaços para o diálogo qualificado e plural acerca de temas prioritários para a Educação. Para a diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda, conseguir chegar à quarta edição no Brasil é motivo para comemorar.

– Estamos muito satisfeitos e felizes com a realização do 4º SIEI no Brasil. Cada ano tem sido um aprendizado e uma experiência diferentes. A Fundação SM quer contribuir cada dia mais com o fortalecimento da compreensão de que a educação integral é um direito de todos, além de contribuir com a missão dos agentes educativos e conduzir os processos de ensino de crianças e adolescentes, afirma.

Programação

28 de agosto – A mesa de abertura do Seminário (Painel 1) abordará o tema “Diferentes territórios, diferentes olhares e necessidades”. Nele, os palestrantes discutirão o reconhecimento da pluralidade e heterogeneidade dos territórios para a formulação e implementação de políticas públicas.

Ainda no mesmo dia, no Painel 2, haverá a apresentação de uma pesquisa inédita sobre ‘O direito a uma educação de qualidade nas sociedades ibero-americanas’, da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) ; e o lançamento do Observatório da Juventude na Ibero-América.

29 de agosto – O dia seguinte terá mais três painéis. O primeiro, que terá como tema “Juventudes e escolas – Diálogos Possíveis”, irá debater como a escola brasileira lida com o desafio de estabelecer um diálogo com o jovem. O Painel 3 contará ainda com a apresentação de uma pesquisa exclusiva sobre ‘Participação e engajamento de jovens e suas repercussões em sua vida escolar: o caso das ocupações de escolas em São Paulo (2015), do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC).

Já o Painel 4, discutirá o tema ‘BNCC e Educação Integral: possibilidades e contradições’; e o Painel 5 encerrará o evento com o assunto ‘Reforma do ensino médio e desigualdades educacionais’.

Para conferir a programação completa do SIEI, basta acessar o site www.sieibrasil.com.br

 

Foto: site SIEI