Notícias

Museu da Língua Portuguesa

Seminário “Português, Nova Língua de Poder e de Economia” é realizado no Museu da Língua Portuguesa

Publicada em: 13 de outubro de 2015

Qual é o potencial econômico da Língua Portuguesa? Qual é a situação da Língua Portuguesa no Extremo Oriente? E no Mercosul? São 725 anos de Língua Portuguesa no mundo, idioma falado por pessoas em todos os continentes, em lugares tão diferentes como grandes centros urbanos e comunidades dispersas. O Seminário “Português, Nova Língua de Poder e de Economia” vai refletir sobre a importância da promoção e da difusão na comunicação internacional e seu papel estratégico no mundo. O evento será realizado nesta quarta-feira, dia 14, no primeiro museu totalmente dedicado a uma língua, o Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Este é o primeiro de uma série de três seminários a serem realizados, na sequência, em Santos, no dia 16, e no Rio de Janeiro, dia 20.

Iniciativa da Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o seminário “Português, Nova Língua de Poder e de Economia” tem como objetivo oferecer uma oportunidade de reflexão e debate que contribua para reforçar a presença e a influência da Língua Portuguesa no panorama mundial.

O seminário é voltado para universitários, pesquisadores e interessados no tema, com 180 vagas disponíveis. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail: seminariocplp@museulp.org.br.

Entre os participantes do seminário estão o secretário-adjunto de Cultura do Estado de São Paulo, em exercício, José Roberto Sadek; o coordenador da Comissão Temática, Eugênio Anacoreta Correia, o secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Murade Murargy; a vice-reitora da Universidade de Coimbra, Clara Almeida Santos, o superintendente- executivo da Fundação Roberto Marinho, Nelson Savioli e o consultor de Educação do Canal Futura, Antonio Gois.

Integram a Comissão Temática a Fundação Calouste Gulbenkian; a Fundação Roberto Marinho; a Fundação Luso-Americana, a Fundação Oriente; o Real Gabinete Português de Leitura; Associação das Universidades de Língua Portuguesa; o Observatório da Língua Portuguesa; Confederação Empresarial da CPLP; Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro; Fundação Dom Manuel II; União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa; o Instituto Internacional Macau e a Fundação Antonio Agostinho Neto.

SOBRE A CPLP
Criada no dia 17 de julho de 1996, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) reúne nove países-membros, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. A CPLP está à frente de várias ações, como promover a conciliação das relações políticas e diplomáticas entre seus estados-membros para reforçar a sua presença no cenário internacional. Uma outra diretriz da CPLP, igualmente relevante, é a de conceber e realizar projetos para fomentar as discussões sobre a Língua Portuguesa em todo o mundo.

PROGRAMAÇÃO
14H – SESSÃO DE ABERTURA

Antonio Sartini – Diretor do Museu da Língua Portuguesa

Eugênio Anacoreta Correia – Coordenador da Comissão Temática

Murade Muragy  – Secretário Executivo da CPLP

José Roberto Sadek – Secretário Adjunto de Cultura do Estado de S.Paulo, em exercício

 

14H30 – CONFERÊNCIA

Universidade de Coimbra: 725 anos de Língua Portuguesa

Clara Almeida Santos – Vice-Reitora da Universidade de Coimbra

 

15H30 – A LÍNGUA PORTUGUESA NO MUNDO

Presidente e Moderador: Ataliba Teixeira de Castilho

Universidade de S.Paulo e Consultor do Museu da Língua Portuguesa

              Intervenções:

              Língua e Cultura no Extremo Oriente: um legado valorizado

Jorge Rangel – Presidente do Instituto Internacional de Macau

              Língua Portuguesa no Mercosul

Regina Helena P. de Brito – Universidade Mackenzie, São Paulo

              O ensino a distância na promoção e difusão da Língua Portuguesa

Carla Padrel de Oliveira – Vice-reitora da Universidade Aberta de Portugal

Desafios da alfabetização e letramento de crianças e adultos no Brasil

              Antonio Gois – Consultor de Educação do Canal Futura

 

17H15 – POTENCIAL ECONÔMICO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Presidente e Moderador – Antonio Sartini – Diretor do Museu da Língua Portuguesa

              Intervenções:

              As relações econômicas da CPLP

José Paulo Esperança – Diretor do Curso de Gestão do ICSTE

              A economia criativa

Ana Carla Fonseca – Fundação Getúlio Vargas