Notícias

Museu da Língua Portuguesa

Programação cultural do Museu da Língua Portuguesa na Estação da Luz

Publicada em: 26 de abril de 2018

A programação cultural, gratuita e aberta ao público, de 3 a 5 de maio, parte da pergunta “Qual é a sua língua portuguesa?” para percorrer a riqueza de sotaques e influências deste idioma: elo que ao mesmo tempo une e torna singulares os 9 países onde a língua portuguesa é falada (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste).

A iniciativa, realizada pela primeira vez em 2017, vai reunir shows de música, apresentação de ‘slam’ (poesia falada), exposições, contação de histórias e oficinas (ver agenda completa abaixo), que unem tecnologia e múltiplas linguagens artísticas.

A celebração do Dia Internacional da Língua Portuguesa é uma realização da Fundação Roberto Marinho e do Governo do Estado de São Paulo, com apoio da EDP, Grupo Globo e Itaú Cultural. A iniciativa é parte das ações culturais e educativas do Museu da Língua Portuguesa, atualmente em reconstrução. Veja mais sobre a iniciativa aqui.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DIA 3, QUINTA-FEIRA

10h – Oficina de construção e customização de maquetes

A partir da construção de maquetes da Estação da Luz, a oficina valoriza a apropriação do patrimônio, incentivando a sua preservação.

12h – Literatura – Narração de história

A atriz e contadora de histórias Andi Rubinstein narra obras de três escritoras de língua portuguesa

Andi Rubinstein
Andi Rubinstein
Andi Rubinstein

14h – Oficina: A palavra como imagem

A oficina se dedica a refletir artisticamente e poeticamente o cotidiano urbano, criando produtos visuais que unem imagem e palavra com técnicas gráficas como estêncil, carimbo e xilogravura aplicadas em papel ou tecido.

17h – Poesia Falada – Zap!Slam – Zona Autônoma da Palavra

Roberta Estrela D’Alva e o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos trazem poetas convidados para uma eletrizante batalha de poesia falada.

Roberta Estrela dAlva – Foto: Marcus Steinmeye

Artes Visuais – Projeções: Suaveciclo – VJ Suave

Suaveciclo é uma performance que utiliza triciclos audiovisuais adaptados com projetor, computador, caixas de som e baterias. Eles são usados como suporte para que personagens ganhem vida e percorram o espaço aberto, iluminando as paredes em grande escala.

Suaveciclo – Foto: VJ Suave

Suaveciclo – Foto: VJ Suave

Suaveciclo – Foto: VJ Suave

18h – O som das palavras – Show: Lenna Bahule e João Taubkin

Lenna Bahule (voz/ percussão) João Taubkin (voz/baixo) apresentam show com repertório essencialmente autoral, que através da música constrói uma ponte imaginária entre dois países irmãos: Brasil e Moçambique.

Taubkin & Bahule - Foto: Marina Decourt

Taubkin & Bahule – Foto: Marina Decourt

DIA 4, SEXTA-FEIRA

10h – Oficina de construção e customização de maquetes

A partir da construção de maquetes da Estação da Luz, a oficina valoriza a apropriação do patrimônio, incentivando a sua preservação.

12h – Literatura – Narração de história

A atriz e contadora de histórias Andi Rubinstein narra obras de três escritoras de língua portuguesa.

14h – Oficina: A palavra como imagem

A oficina se dedica a refletir artisticamente e poeticamente o cotidiano urbano, criando produtos visuais que unem imagem e palavra com técnicas gráficas como stencil, carimbo e xilogravura aplicadas em papel ou tecido.

17h – Disco Aula – DJ Eugênio Lima

Em sua disco-aula, Eugênio Lima convida para uma viagem musical através do hip hop, trazendo um panorama da produção e suas influências.

DJ Eugenio Lima - Foto: Sérgio Silva
DJ Eugênio Lima – Foto: Sérgio Silva
DJ Eugênio Lima – Foto: Sérgio Silva

18h – O som das palavras – Show: Bro MC’s

Primeiro grupo de rap indígena, com composições que misturam português e guarani.

Bro MCs

Bro MCs

DIA 5, SÁBADO

10h – Oficina de construção e customização de maquetes

A partir da construção de maquetes da Estação da Luz, a oficina valoriza a apropriação do patrimônio, incentivando a sua preservação.

12h – Literatura – Narração de história

A atriz e contadora de histórias Andi Rubinstein narra obras de três escritoras de língua portuguesa.

13h – O som das palavras – Show: Peneira e Sonhador

Os repentistas Peneira e Sonhador são vistos diariamente no centro de São Paulo em grandes rodas de curiosos e transeuntes, atraídos pelos seus versos ligeiros e provocadores. São 20 anos de exercício poético pelas ruas alimentando a tradição oral da literatura de cordel.

Peneira e Pensador
Peneira e Pensador
Peneira e Pensador